Inbound Marketing: a estratégia para aumentar suas vendas

Inbound Marketing, Leads, Marketing de Conteúdo, Redes Sociais
Vizualizados por 17 pessoas

Toda empresa tem o objetivo de aumentar os resultados e gerar lucros. Mas, na prática, não é tão simples assim.

Com uma avalanche de produtos e empresas que oferecem o mesmo serviço, agregar valor e atrair clientes tem sido um desafio cada vez maior, mas não impossível.

A solução se chama Inbound Marketing, uma estratégia que te ajuda a criar um fluxo para atrair, converter, relacionar e vender, gerando leads e lucro.

Mas como colocar em prática uma estratégia de Inbound que realmente gere vendas?

A gente te explica.

 

Adquira uma base sólida de clientes

O primeiro passo para uma estratégia que realmente gere vendas é a aquisição, ou seja, obter dados dos seus possíveis clientes e conhecer o comportamento e jornada de compra dessas pessoas.

No ambiente on-line, suas opções para aquisição são muitas. Você pode captar novos clientes pelo site da sua empresa através das redes sociais, por um blog ou até mesmo disponibilizando materiais para download, como e-books e infográficos.

Dessa forma, torna-se muito mais fácil atrair quem realmente se interessa pelo seu serviço ou produto sem ter que “esfregar” sua marca na cara das pessoas esperando um retorno incerto.

O importante é usar essas opções como iscas nesse estágio que é chamado de topo de funil e, a partir daí, desenvolver uma estratégia que ajude o seu potencial cliente a descer o funil e fechar a compra.

 

Qualifique

Agora que você já adquiriu uma base de leads, suas chances de vendas aumentam em 8 vezes, mas ainda é preciso qualificar antes de tentar vender.

Pode ser que o seu contato ainda não esteja 100% convencido de que você tem uma solução ou de que ele precise do seu produto. Afinal de contas, ninguém compra algo que não necessita.

Por isso, essa é a hora de nutrir o seu lead e manter um relacionamento mais próximo com ele, criando conteúdos personalizados que foquem nas necessidades e características desse lead.

Uma pesquisa recente do Annuitas Group mostrou que leads que passaram por um processo de nutrição geraram vendas com um ticket médio 47% maior do que leads que não foram nutridos.

Como tiveram acesso às informações e detalhes do produto ou serviço, esses leads nutridos enxergaram mais claramente os benefícios da sua marca e acabaram fechando a compra com mais facilidade.

Uma boa dica nesse estágio é usar o e-mail marketing. Assim, você consegue estar mais perto do seu contato enquanto “nutre” o relacionamento, oferecendo conteúdos de valor.

 

Fique de olho nas oportunidades

Agora é hora de analisar cada lead e decidir quais já estão preparados para serem abordados pela equipe de vendas e quais ainda precisam ser nutridos.

Para isso, analise as informações que já tem junto com os conteúdos que o lead já consumiu e veja se, de fato, ele deve ser abordado de forma mais comercial.

Nessa etapa, também é uma boa opção o uso de ferramentas como o remarketing do Google Adwords e a audiência customizada do Facebook para encontrar aquelas pessoas que, de alguma forma, já demonstraram interesse na sua solução.

Imagine que seu potencial cliente acessou seu site para ver um produto. A partir de uma ação de remarketing, você poderá exibir um anúncio exclusivo sobre o mesmo produto para chamar a atenção dele.

É uma ótima estratégia para levar o usuário à conversão. O anúncio pode até mesmo conter um cupom de desconto ou uma oferta especial para ficar ainda mais chamativo.

 

Ataque seu lead no corredor polonês

Na última fase está o famoso corredor polonês, também chamado de Marketing Qualified Lead (MQL), que é o momento onde a empresa deve começar a apresentar suas ofertas.

O MQL é um lead já educado sobre a sua proposta, que teve contato com a sua empresa por meio de conteúdos baixados como webinars, download de e-books, etc. De forma geral, ele já conhece as suas soluções e sabe do que precisa.

Esse é o momento ideal para impactá-los, oferecer um contato com o vendedor e atacá-los com ofertas.

O MQL está em fase de consideração das opções de solução, portanto, não há garantia de que ele vá negociar com a sua empresa. Por esse motivo, você precisa manter esse lead próximo e bem informado, acompanhando seu comportamento e identificando suas intenções.

 

Agora, você já sabe o básico de uma estratégia de Inbound Marketing que realmente funciona e te ajuda a vender muito mais, gastando muito menos.

Esperamos que esse conteúdo tenha sido útil para a sua estratégia inbound.

Lembre-se de que nós podemos te ajudar e oferecer uma consultoria grátis e personalizada para sua empresa, te mostrando como implementar todas as ações práticas que viu aqui.

Bons resultados!

Comesse a gerar seus resultados agora mesmo!

Nome(Requirido)
Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Facebook ADS: 5 motivos pra usar a ferramenta e vender mais
Custo de Aquisição de Clientes: como calcular e reduzir o CAC

Sua opinião é importante pra gente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu